Com o final do Nazaré Pro 2016 as contas do ranking mundial ficaram mais alinhavadas e algumas categorias selaram por completo as suas contas. Na Pro Junior, o brasileiro Sócrates Santana sagrou-se bicampeão mundial da categoria, deixando o havaiano Tanner McDaniel em segundo lugar. O top 10 final: 

01. Sócrates Santana (Brasil)

02. Tanner McDaniel (Havai)

03. Diego Gomes (Brasil)

04. Cristian Tapia (Chile)

05. Matheus Bastos (Brasil)

06. Joaquin Soto (Chile)

07. Nelson Flores (Chile)

08. Marcelo Faundes (Chile)

09. Rodrigo Correa (Chile) 

10. Cristobal Fernandez (Chile)

Os portugueses David Veddor e Pedro Machado, em 15.º lugar no ranking, Tomás Rosado, em 21.º, e Miguel Ferreira, em 26.º, foram os mais bem classificados. 

Já na divisão Dropknee foi Dave Hubbard (Havai) quem venceu pela oitava vez, deixando Martin Mouradian (Guadalupe) e Cesar Bauer (Peru) em 2.º e 3.º lugares, respetivamente. Tiago Pimentão, em 11.º lugar, foi o melhor representante português. O atleta Nicolas Rosner, que reside no Magoito, terminou em oitavo lugar mas defende as cores da Alemanha. 

Já no Masculino, a recente vitória de Pierre-Louis Costes no Nazaré Pro 2016 (aqui) veio baralhar as contas e remeter a corrida ao título para a última etapa da APB Tour, o Frontón King que tem lugar nas Ilhas Canárias de 15 a 30 de outubro. 

Apesar do que foi dito por alguns meios, é mesmo o sul-africano Iain Campbell que continua a liderar o ranking, com 23360 pontos, mas PLC é agora segundo, com 23200 pontos, Jeff Hubbard terceiro classificado com 20400 pontos e Amaury Lavernhe encontra-se em quarto com 19200 pontos. Alex Uranga, Dave Hubbard, Tristan Roberts, Alan Muñoz, Eder Luciano e Maxime Castillo, por esta ordem, fecham o top 10.

RankingAntesFronton

A corrida ao título está assim resumida aos quatro primeiros do ranking com Iain Campbell e Pierre-Louis Costes a ganharem especial relevo. Jeff Hubbard, com um nono lugar por descartar, pode causar surpresas no Frontón. Moz, com um quinto lugar por deitar fora, também pode ter uma palavra a dizer, e logo numa onda que conhece bem uma vez que tem sido o seu palco de treinos nos últimos tempos. 

No que diz respeito aos atletas portugueses, Dino Carmo e Tó Cardoso são os mais bem classificados no ranking. Os atletas “Praia do Norte” ocupam, respetivamente o 17.º e o 18.º lugares a uma etapa do fim. 

CONFERE AQUI O RANKING FINAL FEMININO


Fotografia: Alexis Diaz

Comentários