Dificilmente se poderia pedir mais para o primeiro dia do 23.º Sintra Portugal Pro, etapa do Mundial de Bodyboard que decorre até domingo na Praia Grande: sol e boas ondas forneceram a tela perfeita para alguns dos melhores bodyboarders do planeta mostrarem a sua arte. 

Não foi o caso de nomes como os da campeã mundial Joana Schenker ou dos nazarenos António Cardoso e Dino Carmo, que fruto do seu “seeding” mais alto, apenas entrarão em competição amanhã, dia em que se realizam a segunda ronda feminina e a terceira ronda masculina.

>> Vê aqui o Hall of Fame do Sintra Pro

Apesar dessas exceções, houve alguns notáveis da modalidade na água. Entre os portugueses, o campeão nacional Daniel Fonseca, afastado do arranque da temporada mundial por lesão, ou da recentemente sagrada campeã europeia sub-18 Filipa Broeiro. 

https://www.facebook.com/sintraportugalpro/videos/266849537496334/

No lote dos internacionais, o havaiano Dave Hubbard ou o brasileiro Sócrates Santana, entre outros, abriram o apetite à multidão que assistiu à prova. Sócrates Santana conseguiu mesmo a nota mais alta do dia, 9.50 pontos (num máximo de 10), numa espécie de aviso à navegação para os próximos dias.

Filipa Broeiro, de apenas 17 anos, mostrou-se mais que satisfeita com a sua estreia absoluta no Mundial de Sintra, e logo com uma vitória na sua primeira bateria: 

“Estou muito feliz por ter ganho, ainda por cima na minha primeira vez aqui no Mundial de Sintra. Na próxima bateria tenho a Neymara Carvalho e a Alexandra Rinder, duas campeãs do Mundo, e é um orgulho poder competir com elas.”

Amanhã, o call para os atletas é às 08h00, devendo a competição arrancar às 8h30, com a segunda ronda feminina.