Tom Morey celebrou 82 anos a 15 de agosto. O norte-americano, engenheiro, músico, inventor e surfista, nascido em Detroit em 1935, ficou conhecido por ter inventado a Boogie Board, a pequena prancha que mudou a vida de centenas de milhares de jovens e pessoas ao redor do planeta.

Passamos a transcrever um texto da Vert nr. 106 (outono 2011):

O dia começou com um vendaval terrível e as ondas, desordenadas e sem força, não ultrapassavam os dois pés de altura. Em Kailua, cerca de 20 km a nordeste de Honolulu, capital do Havai, um homem trabalhava num pedaço de polietileno Dow, na esperança de criar um molde que lhe permitisse deslizar nas ondas. Uma manhã bastou e, à hora do almoço, já se encontrava pronto para estrear a sua obra-prima. As fracas ondas que davam à costa não o demoveram e, de pés-de-pato na mão e com um bloco debaixo do braço, o homem lança-se ao mar. Tom Morey era o seu nome e, através da sua criatividade, o bodyboard acabava de nascer, a 7 de julho de 1971.

“Eu era apenas uma homem que estava na praia, com um pedaço de espuma e uma navalha na mão, e precisava de algo para surfar”

– Tom Morey

Depois de ter criado a Morey Boogie, a primeira marca do universo Bodyboard, muitas outras se seguiram, alimentando o sonho e a esperança de muitos praticantes por todo o mundo, mas também uma indústria que ainda hoje movimenta milhões de dólares. 

Parabéns Tom! 


Nota: Na verdade, desde o século XV que o povo polinésio já descia ondas deitado, em cima de “alaias”, uma vez que surfar em pé era um desporto de reis e tal estatuto apenas estava ao alcance da realeza. Isto comprova, ao mesmo tempo, que há mais de 500 anos que se descem ondas deitado em cima de uma prancha. 

Comentários