Gerações unidas na Caparica pela música e pelas ondas! A quarta edição do Caparica Primavera Surf Fest (CPSF) marca a idade adulta de um festival que ganhou a aposta de devolver a Caparica ao centro das atenções do surf nacional e internacional. 

Miguel Inácio, responsável da produção desportiva do CPSF desde a sua primeira edição, congratula-se pelos frutos do trabalho: 

“Este é mais um ano em crescendo para o Caparica Primavera Surf Fest no que diz respeito ao seu cartaz desportivo. Falamos de um evento que consegue congregar todas as disciplinas da World Surf League, Longboard, Surf e juniores, masculino e feminino, quase todos os circuitos nacionais da Federação Portuguesa de Surf [com exceção do skimboard e bodyboard esperanças] e pela primeira vez, uma etapa do Europeu de Bodyboard. Isto, sem contar com as demonstrações, provas de exibição, etc. É um evento como há muito poucos no Mundo e que só é possível graças às inigualáveis condições da Costa da Caparica para a prática dos desportos de ondas.” 

Wildcards em Bodyboard já definidos

Entretanto, Miguel Gomes, Presidente da ASCC – Associação de Surf Costa de Caparica e responsável pela atribuição dos “wildcards” do CPSF 2018, após um apurado processo conduzido pelo próprio, comunicou a sua seleção. 

Hugo Pinheiro e Hélder Mendes para o ETB, David Rafachinho e Nuno Cardoso para  o Nacional em Dk, enquanto Rodrigo Carrajola, Paulo Matado e Miguel Rocha vão representar a Caparica no Nacional Open. Estão assim revelados os “wildcards” para as provas de Bodyboard que vão ter lugar no Caparica Primavera Surf Fest 2018.

Cartaz musical feito de rimas e batidas

Carlão, Jimmy P, TNT e em DJ Set: Sam The Kid com Dj Big. Todos artistas com provas mais que dadas no terreno do hip hop nacional, com carreiras longas e sólidas, mas que são avidamente seguidos pelas novas gerações.

Todos jogam em casa neste Caparica Primavera Surf Fest: ou porque conhecem bem a zona, casos de Carlão e TNT que são, muito literalmente, filhos da margem Sul, ou porque comunicam naturalmente com o público hip hop.

Na sexta-feira, dia 30 de março, todos vão subir ao palco e oferecer a sua arte, feita de rimas e de batidas, a um público de múltiplas gerações que, no entanto, se reconhece perfeitamente na música que todos fazem.


Mais info em www.caparica-primaverasurffest.pt

Comentários