De acordo com a agência AFP, um bodyboarder do sexo masculino, de 26 anos, faleceu hoje na Ilha Reunião vítima de um ataque de tubarão. Este é o último registo de ataques de tubarão nesta ilha do Oceano Índico conhecida essencialmente como destino de férias e pela extrema qualidade das suas ondas.

O ataque foi também o vigésimo registado desde 2011, oito dos quais fatais, apesar de todos os esforços das autoridades em instalar redes de segurança e afixar avisos à população local e turistas sobre os perigos de entrar na água. Noticia_AtaqueTubaraoReuniao2

“O acidente aconteceu apesar de os banhos, a natação ou a prática de outros desportos aquáticos estar proibida nesta área”, comentou um representante do governo local. 

A vítima, que se diz ter a alcunha de “Krapo”, um antigo “vigia de tubarões” e lendário bodyboarder da ilha, foi declarado morto após ter sido mordido numa das pernas e sofrer danos muitos graves na artéria femoral, uma das principais do corpo humano. 

O episódio teve lugar em Santana, junto à foz de um rio da costa este, perto de Saint-Andre, e não tinha qualquer rede de segurança instalada. 

Jeremy Flores, que é natural da Ilha Reunião e tem sido um dos principais rostos da campanha a favor da instalação de redes de segurança, publicou a foto em anexo e escreveu há pouco o seguinte no Facebook: 

“Mais um jovem apaixonado foi embora muito cedo. Muito triste… Assegura-te que apanhas bons tubos aí em cima com todas as lendas.”

Vale ainda realçar que as competições de surf estiveram suspensas na Ilha Reunião durante cinco anos e só voltaram a ter lugar há precisamente um ano atrás. 

Que a sua alma descanse em paz. 

Comentários