O dia amanheceu hoje carregado de luto, pois faleceu (ontem) um dos grandes responsáveis pelo crescimento da indústria do bodyboard no Brasil. Falamos de António Vilela, um dos donos e fundador da Genesis Bodyboards, que, juntamente com o irmão João, formou a marca há mais de três décadas atrás, no longínquo ano de 1984.

Na altura a Genesis começou por apostar em modelos diferenciados, tentando afastar-se da maior oferta existente (a Morey Boogie), e assim conseguiu mais interação com o consumidor e acabou por ganhar o seu espaço, não só no mercado brasileiro onde é líder desde então, mas também no mercado internacional estando presente em todo o globo. 

Há uns bons anos atrás a marca também chegou a ser implementada na Europa, onde trouxe um punhado de inovação e uma concorrência saudável, e pelas mãos de “Toninho” também ajudou muitos atletas a tornarem-se campeões no desporto e na vida, como são os casos de Paulo Barcellos, Daniel Rocha, Roberto Bruno, Fábio Aquino, Neymara Carvalho ou Maylla Venturin, entre muitos outros atletas, que ainda hoje representam a emblemática marca brasileira. 

O Bodyboard perdeu um dos seus guerreiros, um parceiro e um dos seus grandes amigos que deixou a sua marca e vai, seguramente, também deixar muitas saudades no meio. 

A causa de morte do empresário deve-se a um aneurisma (embora estivesse a fazer tratamento de cancro no pulmão), mas para já a hora é de luto e por isso resta-nos juntar à dor da família neste momento muito triste, enviando muita força e as sentidas condolências. 

Que a sua alma descanse em paz. 

Comentários