Terminou há instantes o Dakine Ericeira Pro 2016, prova organizada pelo Ericeira Surf Clube, com o apoio da Federação Portuguesa de Surf, que contou pontos para a 3ª etapa do Circuito Nacional de Bodyboard Open e simultaneamente  Dropknee.

Bruno Dias e Hugo Pinheiro, no Dropknee e na Open, respetivamente, sagraram-se vencedores, numa prova realizada na Praia da Empa com a competição no primeiro dia a ter lugar integralmente no Reef e no segundo dia realizado praticamente todo na Pedra Branca. Entre a nortada que se fez sentir, especialmente no sábado, são de destacar algumas ondas que se apresentaram entre os 0,5 e 1 metro de altura.

Na final Open, Hugo Pinheiro e Manuel Centeno entraram numa guerra a dois. O primeiro lugar do heat, depois de ter pendido para um e para o outro, com várias oscilações a terem lugar ao longo dos 25 minutos da final, acabou mesmo por ser arrecadado por Hugo Pinheiro que só selou em definitivo a vitória na sua última onda.

A pouca distância, Manuel Centeno terminou esta terceira etapa do Nacional Open em segundo lugar, com Daniel Fonseca a assegurar o terceiro lugar e Stephanos Kokorelis remetido para a quarta posição.

Dino Carmo e Miguel Adão fecharam a sua prestação em quinto lugar ex-aequo, enquanto André Rodrigues e Isaac Moreira terminaram ambos em 7º lugar, fruto da sua presença nas meias finais.

De destacar ainda a presença de Jaime Jesus que alcançou a maior nota (10,00 pontos) e o maior score (19,00 pontos) ao longo dos dois dias do evento, atestando assim em pleno toda a qualidade do atleta da Figueira da Foz.

Na final Dropknee, dois atletas representavam as cores do Ericeira Surf Clube e era precisamente neles que estavam depositadas as esperanças do clube organizador. Bruno Dias não desiludiu e, com duas notas sólidas, acabou por alcançar o primeiro lugar, para gáudio dos dirigentes locais.

Vindo de Peniche, Hélio “Laranja” Conde apenas garantiu o segundo lugar com a última onda corrida, apanhada a segundos de soar a buzinadela final. Nuno Leitão, o “Batata”, também a representar o ESC, terminou no terceiro lugar, enquanto Sérgio Rodrigues acabou por ficar no quarto lugar.

Os rankings atualizados, após esta terceira etapa, serão revelados em breve. Para já, fica a informação de que a quarta etapa do Circuito, Masculino (1000€) e Feminino (500€), está agendada para a Nazaré, dias 22 e 23 de outubro, e conta com organização do CDAN/FPS.


Fotografia: A. Fonseca

Comentários