A Praia dos Supertubos recebeu esteve último fim de semana o Peniche Bodyboard Metting 2015 powered by Montepio, sétima etapa do Circuito Nacional Open que também contou com a terceira etapa do Nacional de Dropknee e ainda com a estreia da categoria Master numa prova de dimensão nacional. A categoria Master que foi, refira-se, dirigida única e exclusivamente a atletas com mais de 35 anos, contando com alguns nomes que ao longo dos anos construíram os primeiros anos do desporto como Nuno Pereira, Carlos “Stan Up” Silva, Telmo Nogueira, Filipe Cardoso, Zé-Zé, Hugo Carvalho, Barrela, André Leite, Mário Birra e Nuno “Banana” Cardoso, entre outros.

As condições no primeiro dia de competição revelaram-se excelentes, muito provavelmente as melhores de qualquer uma das etapas realizadas este ano no CNBB. No primeiro dia foram realizadas as primeiras rondas das categorias Open e Master, sempre sob olhar atento de um dos grandes pioneiros da modalidade, Vasco Mensurado, que esteve presente na praia todo o dia, confraternizou, deu entrevistas e ainda fez parte de um jantar-convívio que fechou o primeiro dia do Peniche Bodyboard Meeting 2015.

Destaques para Nuno Leitão “Batata” e o local Filipe Cardoso que, nas suas baterias da divisão Master, obtiveram a incrível nota de 10 pontos em 10 pontos possíveis. Filipinho entrou na sua bateria quando faltavam apenas 10 minutos para o término da mesma, mas ainda assim conseguiu classificar-se em 1º lugar. Já Batata conseguiu o score mais elevado do evento neste primeiro dia, graças à onda de 10 pontos mencionada em cima, mas também a uma onda de 9.50 pontos, conseguindo assim um total pontual de 19.50 em vinte pontos possíveis. Wow!

Para domingo, as ondas baixaram um pouco e as séries demoraram um pouco mais a dar sinal, mas ainda assim boas ondas, offshore e tubos, que foram do agrado dos atletas e público presente. Na divisão Open, Dino Carmo, Manuel Centeno, Filipe Raposo e o local Fábio Farricha (que registou no painel de juízes uma nota de 9.25 pontos) ficaram-se pelas meias finais.

Três atletas (Daniel Fonseca, Helio Conde e William Lourenço) de Peniche avançaram para a final, mas quem venceu a bateria foi mesmo o novo Campeão Nacional, Hugo Pinheiro. Apesar do ótimo desempenho, Daniel terminou em segundo lugar na prova e também com o título de Vice-Campeão Nacional Open. William Lourenço foi terceiro classificado, enquanto “Laranja” ocupou o quarto lugar nesta que foi a sua primeira final do evento (esteve presente nas três!).

Na final Dropknee, muito provavelmente foi-nos dado a observar um dos melhores heats de sempre em competições nacionais. Diogo Pimenta, que com a passagem à final foi automaticamente coroado o novo Campeão Nacional desta peculiar vertente do bodyboard, acabou por terminar em 3º lugar na prova penichense. Tiago Pimentão, que até então era o detentor do cetro nacional, ficou-se pelo quarto lugar, mas este foi, sem dúvida, um bom resultado que surge após um longo período de lesão. Na luta pelo primeiro lugar foi o filho da terra, Hélio Conde, que acabou por levar a vitória, deixando o carismático bodyboarder de Carcavelos, Nuno Neto, na segunda posição.

A final Master, por se tratar de uma estreia, foi realizada em último lugar. Na água, mais uma vez, o incansável Hélio Conde que, a juntar ao quarto lugar já obtido na Open e à vitória na divisão Dk, acabou por arrecadar um terceiro posto nesta nova categoria que promete mais etapas e surpresas para 2016. O emblemático e raçudo Nuno leão, de Carcavelos, que fez capa na primeira Vert Magazine, em 1994, marcou presença no evento em grande forma. Este verdadeiro e puro pioneiro do desporto não venceu, mas arrecadou um inesquecível quarto posto. Já a luta entre o primeiro lugar, essa ficou confinada ao nazareno Rui Barreira e ao portuense Manuel Centeno, com este último a levar a melhor e a averbar o nono título nacional à carreira.

O Peniche Bodyboard Meeting 2015 powered by Montepio foi uma coorganização do Peniche Surfing Clube, da Câmara Municipal de Peniche e da Federação Portuguesa de Surf, contando com o apoio institucional dos Bombeiros Voluntários de Peniche, e ainda com os apoios do Montepio, Rip Curl, Refresh Bodyboards, AEE Magicam, Midland, Águas do Vimeiro e Rewind. A Vert Magazine foi o parceiro oficial de media.

Comentários