As últimas semanas de António Carreira, Simão Monteiro e Hugo Maduro pela zona de Margaret River, WA, Austrália. 

O início do outono na costa oeste da Austrália é muito conhecido por ser a temporada da migração anual dos salmões que move centenas de aficionados da pesca para as praias da região. Porém, para nós, aficionados das ondas, significa o fim dos ventos fortes de sudoeste característicos do verão (em Portugal são as nortadas, aqui o contrário), para dar lugar a dias sem vento e ondulações constantes e perfeitas.

Eu e o Simão já andávamos ansiosos pela chegada desta temporada e, com muita surpresa chegou mais um elemento para a “equipa” – Hugo Maduro, bodyboarder local de Espinho, conhecido pelo seu “go for it” em condições pesadas. Ma encomenda vieram igualmente as previsões perfeitas que tanto esperávamos. 

Nas últimas semanas temos surfado alguns beach-breaks e reef-breaks sempre com condições divertidas, mas a coqueluche tem sido, sem dúvida, um wedge da região, na minha visão uma das melhores ondas da Austrália. 

O sítio é incrível, situado no canto de uma baía com água cristalina. É, talvez, o spot mais consistente e pesado. Por norma, quando chegamos pensamos sempre que está meio metro, mas quando entram os sets e partem ondas de 2 metros com uma força demolidora a opinião muda rapidamente. 

O outono por aqui ainda só vai a meio e com a chegada esta semana de mais dois jovens bodyboarders portugueses (Guilherme Guerra e o Miguel Ferreira), tenho a certeza que o nome de Portugal vai ficar em destaque e mais conhecido por aqui. Fiquem atentos!


Texto & fotos de António Carreira | Yot Photo

Comentários