Em ondas de dois a três metros, meio acastanhadas devido às chuvas dos últimos dias, Jeff Hubbard acaba de vencer o Pipe Invitational 2017, 1.ª etapa da APB Tour da presente temporada, frente a ao sul-africano Iain Campbell (2.º), ao basco Alex Uranga (3.º) e ao australiano Ben Player (4.º).

Foi a quinta vitória da carreira para o bodyboarder havaiano, detentor de três títulos mundiais, que apostou em várias manobras aéreas e tubos profundos para vencer novamente na mais famosa onda do planeta e do North Shore. 

“Não há melhor sensação do que vencer algo deste género em frente dos teus amigos, família e ser aplaudido na praia. É tudo o que sonhamos e nunca passa de moda. Não há nada melhor!”, disse o campeão após um banho de champanhe no pódio. 

Nas meias finais, Campbell e Uranga afastaram Sócrates Santana e Pierre-Louis Costes, que havia sido o campeão em 2016, com desempenhos de relevo que foi do agrado dos fãs e painel de juízes. Já Player e Hubbard derrotaram um muito motivado Amaury Lavernhe e o antigo multi campeão mundial Guilherme Tâmega. 

Destaque também para o português e açoriano Pedro “Pedrim” Correia, pois terminou a sua participação num ótimo 9.º lugar, naquela que foi a sua primeira temporada havaiana. Pedrim mostrou sempre um surf espetacular e foi afastado nos 1/4 de final por Ben Player e GT. 

Vale ainda mencionar que em dias anteriores a competição já tinha conhecido os vencedores das restantes categorias: Miles Kauhaahaa (Dropknee), Ayaka Suzuki (Senhoras) e Ezra Hill (Pro Júnior). 

Uma última palavra veio de Mike Stewart, o organizador, que referiu: 

“Estes são bodyboarders fantásticos. Eu estava a observar a final e a pensar para mim que tinha que fazer o que estavam a fazer para poder acompanhá-los. Eles são o futuro do desporto e é muito bom poder vê-los!”

Comentários