Desde 2012 que o Itacoatiara Pro consta do calendário de eventos da APB Tour. Este ano é a  sétima vez que a prova tem lugar, consolidando assim sua posição como um dos principais campeonatos da modalidade ao redor do planeta.

Para a edição de 2018, que acontece entre os dias 16 e 27 de junho, o evento é válido como World GrandSlam (WGS), o que significa maior importância e relevância para as contas do ranking mundial. 

De ter em conta que, a partir da prova de Arica e esta temporada, as etapas WGS apresentam um formato inédito. Contudo, as triagens continuam com o mesmo formato, abertas para todos os atletas e com baterias de quatro competidores.

Desta forma, apenas os quatro primeiros classificados dos trials avançarão para a fase principal da competição, completando o restrito grupo de 32 atletas formado pelos Top 24 + 4 convidados (wildcards).

Segundo a APB, o novo formato foi pensando para dar mais oportunidades aos atletas, elevar o nível de competição e tornar o evento mais atrativo ao público. Uma espécie de “free surf” durante três rondas com os 16 melhores a avançaram para a fase seguinte (já man-on-man e eliminatória). 

Pelo Brasil, quatro atletas já estão confirmados no evento principal por fazerem parte dos Top 24. Uri Valadão, campeão mundial em 2008 e atual líder do ranking brasileiro, Roberto Bruno, pentacampeão brasileiro, Dudu Pedra, atleta local e exímio big wave rider, e Eder Luciano, tricampeão mundial do ISA Bodyboarding Games.

Os portugueses Tó Cardoso e Dino Carmo também entram a competir no evento principal, mas André Bernardo tem que disputar a qualificação ao participar nas triagens. Entre os atletas estrangeiros a lista é encabeçada pelo atual campeão mundial, Iain Campbell (África do Sul), o bicampeão mundial Pierre-Louis Costes (França), Jared Houston (sul-africano, campeão mundial em 2015) e Amaury Lavernhe (Ilha Reunião, bicampeão mundial).

Lista de campeões do evento: 

2012 Dave Winchester (Austrália)

2013 Amaury Laverhne (Ilha Reunião)

2014 Jared Houston (África do Sul)

2015 Amaury Laverhne (Ilha Reunião) e Tanner McDaniel (Havaí – Pro Junior)

2016 Alex Uranga (País Basco), Isabela Sousa (Brasil) e Diego Gomes (Brasil – Pro Junior)

2017 Diego Cabreara (Ilhas Canárias), Ayaka Suzuki (Japão) e Nelson Flores (Chile – Pro Junior)

Comentários