A seleção nacional hoje não podia ter um dia melhor, ao ver a sua atleta Filipa Broeiro conquistar o primeiro título europeu para a equipa nacional, sagrando-se a nova campeã da Europa de bodyboard sub-18.  

“Já estava a espera que a Filipa fizesse o que fez, aliás era o que todos estávamos à espera. É sempre bom começarmos uma grande final a ganhar e isso motiva-nos para alcançarmos o motivo principal que nos trouxe aqui: sermos campões europeus”, refere Catarina Sousa, selecionadora nacional de bodyboard feminino.

Na Grand Final, Filipa Broeiro superou Mathie Goujon (França), Teresa Padilla (Espanha) e Gabrielle Taylor (Ilhas do Canal) que terminaram a competição por esta ordem.

Por seu lado, também o bodyboard masculino se destacou com os dois atletas sub-16 Joel Rodrigues e Pedro Ferreira a passarem à próxima grande etapa. David Vedor, atleta de bodyboard sub-18, passou na sua bateria e Miguel Ferreira foi menos felizardo passando amanhã para as repescagens, mas continuando em competição.

Paralelamente Portugal teve a sua primeira baixa com Diogo Martins que, após passar às repescagens, não conseguiu passar a sua bateria tendo alcançado o nono lugar desta prova.

Martim Nunes e João Mendonça, atletas lusos de surf sub-14, passaram à próxima fase que aproxima ambos os atletas da final. Afonso Antunes e Guilherme Ribeiro, atletas surf sub-16, passaram os seus heats e ajudam, também eles, a que o sonho europeu esteja mais perto de se concretizar.

Também a surfista Francisca Veselko (sub-18) dominou o seu heat das repescagens batendo as suas adversárias e passando à fase seguinte, assim como Salvador Couto que está cada vez mais perto de lutar pelo título junto dos atletas do quadro principal.

“Foi um dia muito positivo para Portugal, apesar de termos perdido o primeiro atleta, conseguimos alcançar o primeiro troféu individual com a excelente exibição da Filipa Broeiro. Estamos mais que preparados para este “sprint” final com a Espanha e a França. Se nos mantivermos assim garantimos que o título fica em casa e somos bicampeões pela primeira vez . Estamos a jogar em casa, contamos com o apoio do público, conhecemos esta praia como ninguém e por isso estão reunidas todas as condições para isso” conclui David Raimundo, selecionador nacional de surf.

Amanhã há mais! O Eurosurf Júnior 2018 tem lugar em Santa Cruz, Torres Vedras, até domingo, 29 de julho. 

Comentários