Considerada uma das ondas mais perigosas do Brasil, o Shore Break desafia até mesmo os mais experientes bodyboarders.

Num sábado de setembro, os bodyboarders André Paiva, Jeff Oliveira, Jeff Urdan, Fábio Cunha, Anderson Ferreira, Fernando Marques e Thiago Calvino remaram até à temida bancada do Rio de Janeiro para aproveitar o último dia do inverno.

Apesar das ondas estarem pequenas, o surf ficou ainda mais perigoso uma vez que a maré marcava 0,0m, e a bancada estava totalmente exposta.

Os registos ficaram a cargo de Guime Botelho, Lucas Graça e Arthur Meier.

Comentários