Amaury Lavernhe veio a Portugal, fez o que tinha a fazer no Sintra Pro, e voltou para a sua nova casa, as Ilhas Canárias, fortemente motivado, com um segundo título mundial no bolso e com o moral em alta. Como se isso não bastasse foi recebido pelo Frontón em condições de gala. É o sonho de um verdadeiro campeão.

Comentários