Desfrutar da viagem é muito mais do que uma deslocação do corpo, da matéria para diferentes geografias. Vai além de um movimento pendular limitado a uma partida e chegada. Viajar, trata-se de sentir e viver o espaço. É através deste modo de envolvência, entre o ambiente natural e a cultura das gentes, que nos autorizamos a desfrutar de uma regra que pouco deve ser pensada, mas sim interiorizada.

Deste modo, o bucolismo dos sítios, os hábitos e modos de vida das gentes, apoderam-se de nós. E sempre que apelarmos às memórias fotográficas por lá colhidas a nossa mente voltará a viajar.

Seguindo esta última lógica, podemos ainda viajar sem sair do sítio. Convite que vos endereçamos através da lente da Wow Filmes que, por meados de abril, cruzou a Indonésia em conjunto com o bodyboarder Luís “Pigmeu” Figueiredo, uma parceria alicerçada por uma amizade e um gosto em comum, Via Mar.


Texto: Hélder Aires | Vídeo: Wow Filmes | Música: Baraka and Tommy Guerrero

Comentários