Várias sessões, entre 2015 e 2016, do bodyboarder brasileiro Frederico Rigôr por casa. 

Comentários