É bem verdade que todos nós desejámos mais e melhores ondas para o Nazaré Pro 2015, a quinta etapa da APB Tour que teve lugar entre 29 de setembro e 4 de outubro na fantástica e sempre revigorante Praia do Norte.

Mesmo assim, a ação aqueceu e bem nas águas nazarenas e a etapa portuguesa acabou por ser uma das que registou a maior percentagem de ondas consideradas boas e excelentes, com muitas notas de ondas superiores a 8 pontos e de pontuação de heats acima dos 16 pontos.

Eis então a estatística a ter em conta num total de 1446 ondas realizadas:

Ondas excelentes (8.01 a 10 pts): 35 (2.4%)
Ondas boas (6.01 a 8 pts): 247 (17.1%)
Ondas médias (4.01 a 6 pts): 534 (36.9%)
Ondas fracas (2.01 a 4 pts): 188 (13.0%)
Ondas muito fracas (0 a 2.01 pts): 442 (30.6%)

No que diz respeito a notas acima dos 9 pontos foram registadas 11 ondas, sendo 9.50 pontos a nota mais alta atribuída a Martin Mouradian (Guadalupe) por duas vezes, heats 11 e 28, e ainda a Jared Houston (África do Sul) no heat 15. Entre os portugueses, Ricardo Rosmaninho foi o que alcançou a melhor nota: 9.25 pontos no heat 22.

Nas meninas, as brasileiras Isabela Sousa e Neymara Carvalho equilibraram forças com ondas de 9.25 pontos, nos heats 12 e 15, respetivamente.

No que concerne a scores, o melhor ficou entregue ao trio Tristan Roberts (África do Sul), Maxime Castillo (França) e Martin Mouradian (Guadalupe) com 17.50 pontos, nos heats 14, 17 e 28, respetivamente. Dino Carmo, com 17.15 pontos, foi o português que mais se destacou neste campo, enquanto Neymara Carvalho dominou nas senhoras com 16.60 pontos.

Ainda de destacar, na prova da Nazaré, a boa adesão ao Live Webcast que contou com mais de 100 mil visitas durante os quatro dias de transmissão. Portugal liderou a lista de acessos, com 34.71%, seguido do Brasil (8.87%), França (6.30%), Japão (3.01%) e a Austrália (2.24%).


Fotografia: Praia do Norte

Comentários