Começou na praia da Vagueira, Casablanca, pelas 09:15 a última etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf.

O dia cinzento trouxe também um dia de boas ondas e pouco vento. A rondar o metro e com a maré a vazar a primeira bateria da manhã arrancou com apenas dois atletas, devido a uma falta de comparência. Jaime Bonito um dos atletas juniores, veio competir no Open a carimbou a sua passagem para os quartos de final em primeiro da bateria.

O dia foi todo de boas ondas e boa vibração na areia e no pontão que, como habitualmente se encheram de pessoas para assistir ao herói local Miguel Rocha a surfar em casa. Foi no entanto Diogo Areias, outro atleta da Vagueira que se destacou ao longo dia com ondas solidas e surfadas sempre no limite. Diogo, foi assim pela segunda vez a uma final do Campeonato Nacional de Bodysurf e mostrou que na categoria Open ainda tem muitas cartas para dar no futuro. 

Quem esteve imparável também foi Rodrigo Carrajola, atleta da Costa de Caparica, que depois de ter perdido in extremis a luta pelo título na prova de Santa Cruz, prometeu que viria à Vagueira ganhar a etapa e foi justamente o fez, não dando hipóteses aos seus adversários ao longo de toda a prova. A final masculina teve então como vencedor, Rodrigo Carrajola, em segundo lugar Diogo Areias, em terceiro lugar Miguel Rocha e em quarto lugar João Metelo, que carimbou este ano quatro finais.

O top 16 do raking final do Campeonato Nacional de Bodysurf é composto por:

Miguel Rocha ( ASV)

Rodrigo Carrajola (ASCC)

João Metelo ( Sealand)

João Brogueira (SCP)

Diogo Areias ( NCSDNAPV)

Tiago Marques (PPSC)

Tiago Ramos (ASV)

Pedro Collaço (PPSC)

Miguel Correia (ASCC)

Rui Lopes (ESC)

João Martins (PPSC)

Tomás Calmeiro (ASCC)

João Paulo Ribeiro ( Sealand)

António Pedro ( ASSW)

Diogo Marques (SCS)

Miguel Arrobas ( Sealand)

Com apenas 4 atletas em prova a final do primeiro campeonato nacional de bodysurf Júnior, teve como destaque máximo Jaime Bonito, atleta de Carcavelos, que em três participações se sagrou três vezes vencedor da etapa. Mas foi Tiago Mesquita que conseguiu o título de primeiro Campeão Nacional Júnior de Bodysurf, ao garantir o segundo lugar na etapa deixando para trás Filipe Sá Leal e António Coutinho que não conseguiu apresentar o mesmo nível de anteriores edições. 

O top seis do ranking final Júnior é composto por:

Tiago Mesquita (ASV)

António Coutinho ( ASCC)

Jaime Bonito ( Aquacarca)

Filipe Sá Leal ( ASSW)

Miguel Arrobas (Sealand)

Vasco Arrobas ( Sealand) 

Até 2019!


Fotografia: Inês Gião Marques

Comentários