Arranca amanhã o Sintra Portugal Pro, prova integrada na APB World Tour que tem lugar na Praia Grande, em Sintra, e pode ser acompanhada até 28 de setembro (domingo). Acontece pelo 19º ano consecutivo, sendo já a mais antiga prova do calendário realizada sem qualquer interrupção e atualmente a única a ter lugar no continente europeu.

O elevado prize money (62 mil dólares no total) e o seu longo historial valeram-lhe a categoria de 4 estrelas para 2014. O vencedor será contemplado com 1600 pontos para juntar ao ranking e, com a incerteza que paira no ar sobre o Frontón e ainda com as etapas do Panamá e da Venezuela a serem de apenas duas ou três estrelas; poderá vir a coroar o novo campeão do circuito.

Aliás, de acordo com comunicado emitido hoje ao início da noite, os pontos que o Sintra Portugal Pro atribui são suficientes para decidir os títulos mundiais de todas as categorias em disputa: masculino, feminino e dropknee; e terão ainda uma importante palavra a dizer na definição dos tops para 2015.
sintra2

Novidade para este ano é a divisão Júnior, exclusivamente para bodyboarders sub-18, que pretende dar um impulso adicional à nova geração nacional e internacional, dando a oportunidade de competirem num ambiente próprio das maiores provas internacionais.

São esperados 150 competidores – números adiantados pela organização – e nessa lista de inscritos podemos encontrar os irmãos Hubbard, Pierre-Louis Costes, Amaury Lavernhe, Jared Houston, Lewy Finnegan, Mike Stewart, Alex Uranga, Jacob Romero e Uri Valadão.

Pierre é o líder momentâneo, a uma distância de 102 pontos do segundo classificado, Uri Valadão, mas o brasileiro, que já venceu o evento por três vezes, já fez saber que veio a Portugal com um objetivo bem definido: “As possibilidades existem e eu sonho com mais um título mundial, mas sonho também em conseguir o tetra em Sintra. É nisso que estou focado!”
sintra3

No lado feminino, com a recente vitória em Antofagasta, a canária Alexandra Rinder alcançou a liderança do tour, a uma distância de 448 pontos da australiana Lilly Pollard e pouco mais de seiscentos da japonesa Sari Ohhara.

No dk, Dave Hubbard é primeiríssimo e não deve ter grandes problemas em averbar o sexto título mundial da carreira. No entanto, tudo pode acontecer. O havaiano é seguido pelo amigo das ilhas do Pacífico, Josh Trotter, e pelo porto-riquenho Edgardo Gomez.

Para marcar presença, acompanhar e seguir a partir de amanhã, na Praia Grande, Sintra.

HALL OF FAME:
1995: Phillip Rodrigues | 1996: Ben Holland | 1997: Guilherme Tâmega | 1998: Ben Holland | 1999: Phillip Rodrigues | 2000: Paulo Barcellos | 2001: Jason Hazle | 2002: Nicolas Capdeville | 2003: Manuel Centeno | 2004: David Perez | 2005: Uri Valadão | 2006: Uri Valadão | 2007: Luís Villar | 2008: Guilherme Tâmega | 2009: Jeff Hubbard | 2010: Amaury Lavernhe | 2011: Uri Valadão | 2012: Pierre-Louis Costes | 2013: Lucas Nogueira


Fotografia: Specker/IBA | Live Webcast

Comentários