A manhã esperava- se tensa com a seleção nacional em vantagem perante os seus dois adversários mais diretos – França e Espanha.  Depois de um tempo de espera de duas horas, não previsto no alinhamento, as finalíssimas do Noah Eurosurf Júnior 2018 começaram com uma grande vitória para a seleção nacional após António Dantas sagrar-se campeão europeu de Longboard sub-18 (igualando o feito de Filipa Broeiro que já havia vencido durante a semana em Bodyboard Sub-18 Feminino). 

João Mendonça e Martim Nunes, os dois atletas de surf sub-14, competiram no mesmo heat das finais acabando por alcançar o terceiro e quarto lugar do pódio sub-16.

A má sorte nos resultados atingiu também os dois atletas de surf sub-16 Guilherme Ribeiro e Afonso Antunes, que obtiveram também eles o terceiro e quarto lugar no seu heat. Mafalda Lopes a única surfista feminina ainda em competição, sagrou-se vice-campeã europeia sub-18 e reavivou a esperança para a equipa lusa.

David Vedor e Miguel Ferreira, os dois atletas de bodybard sub-18 na final,  lutaram até ao fim mas os adversários levaram mais uma vez os primeiros lugares na bateria e acabaram com o sonho europeu.

“Foi um campeonato muito bem disputado, Portugal esteve em primeiro lugar em todos os dias da competição. Acabamos com dois campeões europeus, longboard e bodyboard e uma vice-campeã europeia”, conclui João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf.

 

Comentários