Para os mais experientes e viajados bodyboarders, há uma certa teoria, uma espécie de superstição, que nos diz que, sempre que há golfinhos na água, em torno de nós, podemos estar tranquilos porque não há tubarões por perto. Isto é do conhecimento geral e passa-se a nível internacional, leia-se. 

Ora, a revelação de um recente estudo realizado na Austrália parece querer acabar com esta simples, mas sempre bem acolhida teoria – ou amuleto da sorte para os bodyboarders!

Por A mais B, este estudo vem agora dizer que os golfinhos não mantêm efetivamente os surfistas a salvo nem impedem os tubarões de os atacar. Ouch! 

Acontece que investigadores da Universidade de Murdoch, na Austrália Ocidental, seguiram populações de golfinhos em duas zonas distintas do estado e acabaram por descobrir que os ataques de tubarão a golfinhos aumentaram entre 2009 e 2013 – o que pode não ter importância, mas coincide com o aumento da temperatura dos oceanos.

Os meses de verão de 2012 e 2013 também registaram um aumento no número de ataques (a golfinhos, claro), quase sempre feitos por tubarões-brancos e/ou tigres. 

O estudo revela ainda que os golfinhos em águas mais calmas e de pouca profundidade são mais propensos a serem mordidos do que as populações de golfinhos que residem em águas costeiras mais profundas.

Desfeita a teoria de que os golfinhos eram o “anjo-da-guarda dos Surfistas” (questionável)… Quem passará agora a zelar pelos bodyboarders?

Comentários