No passado dia 27 de agosto já havíamos feito uma referência ao sucedido com Tahurai Henry em Teahupoo (ver notícia aqui). O bodyboarder taitiano aproveitou as excelentes condições que rolaram durante o ‘CT Billabong Pro Tahiti e acabou numa cama de hospital graças a uma queda violenta.

Agora, alguns dias depois, em palavras cedidas a um meio da imprensa local, ficámos a saber que está tudo bem e que toda a situação não passou de um grande susto… e alguns pontos na cabeça!

De acordo com Tahurai, a sessão começou cedo, por volta das 5h30, e uns vinte minutos depois a onda veio na sua direção: “O set entrou e ficaram todos a olhar para mim e para o Simon. Eu pensava que isso não era possível no surf, mas ambos nos virámos e remámos com vista a apanhá-la. Eu acabei por conseguir ir, mas um momento de hesitação ditou que viesse pelo ar, completamente em ‘free fall’. Mesmo assim, sem saber como, consegui manter-me na base da onda e só mais à frente ela desabou sobre mim.”

O que se seguiu, segundo as suas palavras, não foi bonito de se ver e deixaria qualquer um em pânico. “Andei aos rebolões até que o meu corpo dobrou e senti-me a ser comprimido contra o reef, sem poder mover-me. Tentei reagir, mas a corrente era tão forte que limitei-me a aceitar a situação. Quando abrandou a força, nadei finalmente para a superfície e aí reparei que tinha sangue, embora não estivesse a sangrar muito. Dino Andino, o pai de Kolohe, apanhou-me de jet ski e levou-me imediatamente para a praia”, acrescentou.

Mais tarde o veredito dos médicos foi óbvio: “Podia ter sido bem pior!” O episódio resultou numa sutura de cinco pontos na cabeça, pescoço e ombros bem raspados, e ao nível da coluna alguns discos foram comprimidos, exigindo agora um período de descanso.

Com o devido “follow up” feito, resta-nos agora desejar uma recuperação rápida ao jovem talento da Polinésia Francesa.

Foto_ Tim McKenna

Comentários