Quando se fala em pioneirismo é preciso cuidado, porque há muita gente que se ofende por não ser mencionada, por ficar de fora ou simplesmente por não ser enquadrada no momento. 

Não queremos injustiças. Por isso, vamos apenas dizer que uns quantos elementos da velha guarda do Bodyboard nacional, que junto a tantos outros estiveram envolvidos nos primeiros passos da modalidade em Portugal, voltaram a encontrar-se um destes dias entre Carcavelos e Lisboa. 

O objetivo da reunião foi simples e claro: o reencontro entre velhos amigos e antigos competidores do Bodyboard. Na prática, um dia (ou quase) passado a falar do desporto que abraçaram há quase 40 anos, a reviver velhas memórias e um bom motivo para manter a conversa em dia. 

Estiveram presentes Miguel Theriaga, o primeiro campeão de Bodyboard português, em 1987; Zezinho Gonçalves, o homem da velocidade que explorou o “parafuso”; Carlos “Lito” Santos, um dos mais talentosos e ferozes riders do pico do Calhau; Rodrigo Bessone, 5x campeão nacional; Paulinho Costa, campeão nacional em 1995; Tozé Fonseca e Miguel Simões, cofundadores da Bodyboard Portugal e Vert Magazine; e Vasco Mensurado, um dos mais vitoriosos bodyboarders nos idos de 80 e 90 e ainda o grande responsável pelo encontro. 

O ponto auge da noite culminou na recriação da inesquecível foto que ficou conhecida como os “Navy”, datada de agosto de 1992, na Praia Grande. Separada por 27 anos, a verdade é que não há (muitas) diferenças a assinalar e a boa disposição, como se pode atestar, é algo que se mantém entre o grupo. 

Segundo apurámos, o encontro entre as lendas do desporto passa a assumir caráter anual. 

Obrigado por tudo, rapazes! 

 

Comentários