Terminou há momentos o Arica Chilean Challenge, evento de categoria Grandslam que foi a quarta etapa da APB Tour em 2017. O vencedor foi o francês Pierre-Louis Costes, bicampeão mundial (2011 e 2016) que à partida para a prova chilena se encontrava em 66.º lugar do ranking (tendo participado apenas na etapa de Pipe, a primeira do ano). 

Na final, PLC foi dominador e venceu com 17.25 pontos, deixando o brasileiro Roberto Bruno na segundo posição com 15.00 pontos. O local chileno Alan Muñoz terminou em 3.º, com 11.75 pontos, e o sul-africano Iain Campbell foi quarto classificado, com 11.40 pontos. 

Contrariando o que é habitual, esta edição da prova ficou marcada por ter dado mais direitas do que esquerdas. No último dia de competição as ondas mostraram-se bem consistentes entre os 6 e 9 pés. 

Afastado nas meias finais, em quarto lugar, esteve o português Tó Cardoso que terminou a sua atuação num honroso 7.º lugar. Depois do ótimo resultado em Itacoatiara, na etapa anterior, Dino Carmo desta vez ficou-se pela ronda 2, tal como André Bernardo. 

Tanto Tó Cardoso como Dino Carmo, bem como o campeão da etapa, PLC, que acabou de ser pai, devem agora melhorar as suas posições no ranking mundial (atualização ainda não disponível). Dino Carmo encontrava-se em 9.º e Tó em 27.º lugar.

Os guerreiros da APB rumam agora para a 5.ª etapa do tour, o Antofagasta Bodyboard Festival, 4 estrelas masculino e 2 estrelas feminino, que tem lugar em La Cupula, entre 11 e 16 de julho. 

Comentários