Um estudo elaborado pelo norte-americano Bryan Dickerson revelou que existem ao dia de hoje 15 piscinas de ondas artificiais espalhadas pelo Mundo com acesso à prática de surf.

No entanto, a determinado momento Dickerson viu-se confrontado com uma série de questões que não podiam ser esquecidas: Quantas estão em construção? E quantas ainda em projeto?

Tendo essas variantes em conta, o resultado final acabou por ser misto e mais vasto do que à partida se poderia julgar. Ora veja os números:

  • 15 piscinas de ondas com acesso à prática de surf/bodyboard
  • 8 a 15 estão em construção no momento (algumas são secretas)
  • 50 estão em projeto e prontas para arrancar
  • 10 milhões de praticantes aguardam pela descoberta

De todas os surf parks que estão construídos à presente data, em projeto ou em fase de arrancar, é fácil perceber que a Surf Loch, Wavegarden, Okahina, Surf Lakes, Kelly Slater Wave Company e a American Wave Machines são definitivamente os maiores players desta relativamente recente indústria.

Entre estes, destacam-se a Kelly Slater Wave Company, com um complexo aberto em Lemoore (Surf Ranch), outro em construção (em Austin) e três projetos em andamento (Japão, Coachella Valley Califórnia, Coolum Austrália). 

Segue-se a American Waves Machines que regista dois complexos abertos – um em Waco, Texas (BSR Cable Park), e o outro na Nova Jérsia com inauguração para breve – e outro em construção no Japão. França, Palm Springs na Califórnia e novamente o Japão têm projetos em cima da mesa. 

A rainha das wavepool é a Wavegarden Cove que nasceu aqui bem perto de nós, no País Basco. Neste momento existem três a funcionar, sendo a Urbnsurf em Melbourne (Austrália) um autêntico caso de sucesso com quase 4 milhões de ondas a serem surfadas em apenas três meses. Porém, pasme-se, pois podem vir a ser mais de trinta nos próximos três anos uma vez que existem projetos a decorrer em Telavive, Rússia, Londres, Birmingham, Paris, Sudoeste de França, Portugal, Madrid, Barcelona, Itália, Alemanha, Sydney, Oahu, Canadá, México, Texas, Virginia, Carolina do Sul, Carolina do Norte, Nova Iorque, Nova Jérsia, Miami, Chile, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Uruguai. 

Aproveite e veja o mapa atual de distribuição, aqui

Comentários