Morreu mais um bodyboarder na Ilha Reunião vítima de ataque de tubarão. Já no final de fevereiro um bodyboarder tinha perdido a vida, também na sequência de um ataque de tubarão.

De acordo com relatos, Adrien Dubosc encontrava-se a fazer bodyboard na Pointe au Sal em Saint-Leu, por volta das 11h, no passado sábado, quando um tubarão mordeu violentamente a sua perna direita. O bodyboarder acabou por falecer devido à gravidade das lesões. 

Quer o surf como o bodyboard estão proibidos na área e o ataque surge alguns meses depois de um dos seus amigos ter também perdido a vida, igualmente numa praia onde a prática estava proibida. 

Além de bodyboarder experiente, Adrien Dubosc fazia também parte de uma organização chamada Shark Watch Patrol que se dedica a baixar os números de ataques de tubarão na Ilha Reunião. Na altura do incidente, o jovem encontrava-se na água com mais dois amigos embora se registasse algum crowd. 

Foi muito rapidamente retirado da água e os serviços de emergência atuaram com prontidão, sendo-lhe feita massagem cardíaca, mas este acabaria por falecer meia hora após o ataque. Esta foi a nona morte devido a ataques de tubarão, na Ilha Reunião, em seis anos. 

Este novo trágico episódio relança a discussão e faz aumentar o coro de insatisfação sobre o abate ou preservação dos tubarões na Ilha Reunião. 

Que a sua alma descanse em paz. 

Comentários