Espetáculo de bodyboard com excelentes ondas no Pico da Mota, em Peniche, para o encerramento do Circuito Nacional de Bodyboard. A Capital da Onda, Peniche, recebeu no passado fim de semana, 18 e 19 de novembro, os melhores bodyboarders nacionais para o Peniche Bodyboard Meeting 2017, nas derradeiras etapas dos Circuitos Nacionais de Bodyboard Open e Dropknee da Federação Portuguesa de Surf.

No sábado foram disputadas as rondas iniciais Open, com excelentes ondas, no entanto, o forte nevoeiro que se fez sentir a partir das 13h obrigaram à interrupção da prova e a sucessivos “calls”, até que às 16h30m a direção de prova, em conjunto com a direção técnica e o chefe de juízes da FPS, decidiram que a restante prova se realizaria no dia seguinte.

Domingo foi o dia de todas as decisões e, mais uma vez, com excelentes ondas. Manuel Centeno, em Bodyboard Open, e Hélio Conde, em Dropknee, vencem as respetivas categorias. O atleta da casa, Hélio Conde, obteria ainda um terceiro lugar na categoria Open.

Os vencedores destacaram as excelentes condições ao nível da organização e de ondas durante o fim de semana.

Esta prova é já um clássico do Bodyboard nacional. O presidente do clube local, organizador da etapa, Paulo Ferreira informou que “[o clube] mantém a aposta na modalidade” e anunciou que “já formalizámos junto da FPS as candidaturas para os circuitos de 2018, com a coorganização e o apoio da Câmara Municipal de Peniche”.

Mark Ministro, vereador do desporto do novo executivo do Município de Peniche, afirma que “é com prazer que Peniche continua a aposta nas atividades náuticas e recebe mais uma vez esta etapa do circuito nacional de Bodyboard no nosso concelho. Nas últimas quatro semanas, desde a tomada de posse, já é a terceira atividade de Surfing que recebemos no nosso concelho, o que muito nos orgulha”.

Já João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf, realça a “aposta clara da federação no desenvolvimento do Bodyboard” e agradeceu a “toda a comunidade, atletas, familiares e ao corpo técnico da FPS que tornaram este circuito um êxito”.

Até 2018! 

Open

01. Manuel Centeno 15,50 pts

02. Daniel Fonseca 14,90 pts

03. Hélio Conde 13,75 pts

04. Gonçalo Pinheiro 6,90 pts

Dropknee

01. Hélio Conde 11,50 pts

02. Tiago Pimentão 9,95 pts

03. Diogo Pimenta 7,90 pts

04. Sérgio Rodrigues 6,75 pts

05. Miguel Adão 4,85 pts

Comentários