Terminou hoje o Sen No Sen La Salie Pro, prova válida para o Circuito Europeu de Bodyboard (segunda etapa masculino e pro junior, terceira etapa feminino), depois de dois longos e intensos dias de competição em Arcachon, França.

Nos mais novos, divisão Pro Junior, Nicolas Capony (França) voltou a mostrar-se em grande forma e, depois de ter conquistado o mundial Pro Junior o fim de semana passado em Viana do Castelo (Portugal), voltou a subir ao lugar mais alto do pódio em La Salie.

Na final, Capony superou Javier Dominguez (Espanha) por 14,40 versus 11,85 pontos, mas ambos os atletas assinalaram algumas das ondas mais bem pontuadas do evento. Dois outros atletas espanhóis, Armide Soliveres e Carlos Suarez ficaram-se pelas meias-finais.

No Masculino, Brahim Iddouch (Marrocos) venceu Carlos Suarez (Espanha) por uma margem confortável – 14,65 x 13,90 pontos. O bodyboarder marroquino foi mesmo protagonista de alguns dos melhores scores da competição, mas foram Ricardo Rosmaninho (Portugal) e Nicolas Capony (França), que se despediram nas meias-finais, quem conseguiu a nota mais alta (9,00 pts) e o total pontos mais elevado (16,75 pts) de todo o evento.

Nas Senhoras, Isabela Sousa (Brasil) renovou o título europeu, depois de superar Madalena Padrela (Portugal) na derradeira bateria por 17,00 x 9,75 pontos, tendo conseguido, inclusive, registar uma nota de 10,00 pontos, a única de todo o campeonato.

Lisa Labadie (França) e Sari Ohhara (Japão) foram as semifinalistas da prova, enquanto Isabela Sousa se sagrou pelo segundo ano consecutivo campeã europeia de bodyboard (2018, 2019).

A próxima etapa é Oleaje Bodyboard Contest, em Arucas, Ilhas Canárias, de 15 a 17 de novembro. Mais informação e detalhes em breve.

Comentários