Sem grande aparato e até com um enervante secretismo, teve lugar, ontem, o Shark Island Island 2017. A vigésima edição deste emblemático evento foi assim vencida pelo australiano Jase Finlay, que substituiu Mitch Rawlins no quadro de vencedores. 

“Este sempre foi um sonho que tive desde os meus 13 anos”, escreveu o novo campeão nas redes sociais.

Para alcançar a vitória, Finlay teve que superar Shaun Pyne (2.º), Chris Deller (3.º), Alex Leon (4.º) e Lachlan Cramsie (5.º) na bateria final. 

Nos troféus secundários o melhor tubo foi atribuído a Lachlan Cramsie, Jase Finlay levou o prémio para melhor manobra aérea (reverse air) e Alex Leon venceu o wipeout mais pesado.

Hall of fame do S.I.C.:

1997: Matt Percy (Austrália)

1998: Steve ‘Bullet’ Mackenzie (Austrália)

1999: Christian ‘Rissole’ Riguccini (Austrália)

2000: Mike Stewart (Havai)

2001: Damian King (Austrália)

2002: Guilherme Tâmega (Brasil)

2003: Guilherme Tâmega (Brasil)

2004: Guilherme Tâmega (Brasil)

2005: Não terminou

2006: Ryan Hardy (Austrália)

2007: Ben Player (Austrália)

2008: Ben Player (Austrália)

2009: Ewan Donnachie (Austrália)

2010: Ryan Hardy (Austrália)

2011: Dave Winchester (Austrália)

2012: Mitch Rawlins (Australia)

2013: Josh Kaihe (Austrália)

2014: Andrew Lester (Austrália)

2015: Não se realizou por falta de condições

2016: Mitch Rawlins (Austrália)

2017: Jason Finlay (Austrália)

Comentários