Desde 2012 que o Itacoatiara Pro marca presença no calendário mundial. Assim, pelo quinto ano consecutivo, a cidade de Niterói (Rio de Janeiro, Brasil) recebe os melhores competidores do mundo para uma das competições mais aguardadas do ano.

Em 2016 o Itacoatiara Pro aumentou as expetativas entre os competidores, pois aumentou o prize-money e ainda estendeu as categorias em competição com a inserção do Feminino (que se juntou ao Masculino e Pro Junior). Desta forma, mais de 150 atletas de vários pontos do globo competem pelos preciosos pontos do ranking da APB Tour. 

Chico Garritano, chefe de juízes do Itacoatiara Pro 2016 explicou a vibração que se tem vivido nos últimos dias: “Já temos uma enorme movimentação em torno da cidade. Os melhores competidores do mundo estão aqui e esse ano o Itacoatiara Pro tem tudo para ficar marcado como a melhor etapa de sua história. O nível técnico será muito alto e as previsões são muito otimistas. Precisamos de cinco ou seis dias para realizar o evento e, ao que tudo indica, poderemos fazê-lo com excelentes condições.”

A primeira chamada está marcada para hoje, dia 16, às 7h30 locais (cerca 11h30 em Portugal) para todas as categorias. Vale realçar que, em todas as edições realizadas desde 2012, nunca um brasileiro venceu. Até hoje, Dave Winchester (AUS – 2012), Amaury Lavernhne (REU – 2013 e 2015). Jared Houston (AFS – 2014) e Tanner McDaniel (HAW – 2015 Pro Junior) foram os vencedores do Itacoatiara Pro.

Quem mais se aproximou da vitória foram Guilherme Tâmega (2012), Uri Valadão (2015) e Matheus Bastos (2015 – Pro-Junior), todos vice-campeões da prova brasileira. Para 2016 nomes não faltam para quebrar o tabu. Entre os tops da elite masculina. Eder Luciano, Lucas Nogueira, Israel Salas, Uri Valadão e Francirley Ferreira (na foto), além dos locais Dudu Pedra e Kalani Lattanzi, são apenas alguns dos brasileiros que prometem fazer frente à forte concorrência internacional. 

Já entre os Pro Juniors, o atual campeão mundial Sócrates Santana e o vice-campeão da etapa em 2015, Matheus Bastos, estão bem cotados para levantar o troféu. Já entre as mulheres, as apostas recaem em Isabela Sousa e Neymara Carvalho, mas também em Alexandra Rinder, atual campeã mundial, e até na portuguesa Joana Schenker.

Manuel Centeno, Gonçalo Pinheiro, Dino Carmo, Tó Cardoso, Teresa Almeida, Carina Carvalho e Marta Leitão são outros atletas lusos que prometem representar da melhor forma as cores da nação. André Bernardo vai ser seguramente ser o primeiro a entrar na água, pois encontra-se no heat 7 da primeira ronda de triagens, juntamente com o chileno Kevin Ortiz e o brasileiro Daniel Silveira.

Acompanha o evento em direto AQUI.


Fotografia: Sacha Specker

Comentários