Há um campeonato em Pipeline que costumava fazer parte da tradição havaiana e era integralmente dedicado às mulheres – em surf, longboard e bodyboard. Porém, nunca gozou de grande mediatismo e sempre fugiu aos radares de comunicação usuais. 

Falamos do Surf ’N’ Sea Pipeline Women’s Pro, empreendido pela bodyboarder havaiana Carol Phillips, que este ano voltou a juntar um grupo de wave riders femininas nas areias do North Shore de Oahu. 

“Venci! Sou a campeã de Pipeline e estou nas nuvens!”, começou por dizer Traci Effinger, a campeã da mais recente edição que teve lugar neste mês de abril em ótimas condições. 

“Honrada por participar na final do Pipeline Women’s Pro com atletas que são autênticas lendas, como Ayaka Suzuki, Jessica Becker e Asako Shiotsuki”, terminou por dizer a bodyboarder norte-americana que se mudou para o Havai de armas e bagagens há 8 anos. 

Além de campeã em bodyboard, Traci conquistou ainda um outro troféu relativo à melhor onda de todo o evento que é uma distinção transversal a todas as categorias. 

Parabéns então à nova rainha de Pipe… e até 2020!

Comentários