O hexacampeão mundial, seis vezes o segundo melhor classificado do mundo e dono de seis títulos brasileiros, Guilherme Tâmega, radicado no Havai há dez anos, correu pela última vez o circuito mundial na íntegra em 2013.

O carioca, de 42 anos, continua a surfar ao mais alto nível mas desistiu de lutar pelo sétimo título mundial. O bodyboarder, com quase trinta anos de carreira, confidenciou hoje ao Globo Esporte que apenas quer ser feliz e ver os sonhos da sua família realizados:

“Não pretendo competir mais no circuito. Hoje tenho a minha marca de pranchas e estou dedicado a ela. Desenho as linhas, mas não produzo. Se não for para ganhar, não interessa. O meu maior sonho é ver meus filhos e a minha marca com sucesso.”

A decisão do atleta parece ir contra o comunicado da APB (Association of Professional Bodyboarders) que ainda há bem pouco tempo o deu como garantido no World Tour de 2015 (aqui).

Por outro lado, GT pode estar de saída, o que sem margem de dúvida é uma enorme perda, mas, conforme anunciámos no início do mês, quem está de volta é Neymara Carvalho (ver notícia aqui).


Calendário Mundial: AQUI

Comentários