Em comunicado, pode ler-se que a organização do Fronton King e a malta da APB (Association of Professional Bodyboarders) parece ter feito as pazes depois de um período de azedume que afastou as duas partes e viu mesmo o campeonato – que se realiza numa das mais pesadas ondas do planeta – ser afastado do Circuito Mundial em 2018.

Este que é definitivamente um dos mais espetaculares eventos à face da Terra está assim confirmado e de regresso em 2019, entre os dias 15 e 26 de outubro, voltando a colocar o habitual talento da cantera do Bodyboard canário entre a elite mundial.

O ano passado quem venceu foram Teresa Padilla e Amaury Lavernhe. Vê aqui o resumo.

 

 

Comentários