Foi no passado sábado que se realizou a primeira etapa do Circuito de Bodyboard 2016 – Restaurante O Sacas, na praia da Zambujeira do Mar. Cerca de trinta bodyboarders que compareceram à chamada numa etapa que, apesar das condições difíceis, contou com bons desempenhos por parte dos participantes.

A organização arriscou a realização da prova, sabendo de antemão que ao final da tarde, as condições poderiam piorar bastante. Esta instabilidade nas previsões, ditou que as condições variassem entre o bastante aceitável (manhã) e o quase impossível (tarde), resultando no adiamento da sub-14 e masters para a segunda etapa.

No que toca à competição propriamente dita, na categoria Open houve vários momentos de bom bodyboard com boas manobras aéreas e alguns tubos, o que animou todos os presentes na praia.

Durante a maré mais vazia, com o swell a subir, houve alturas de muita espuma, correntes e close outs! Esta fase ditou alguns afastamentos improváveis e foi, talvez, também a parte mais monótona do dia de competição.

Antes da das meias finais open, houve ainda tempo para a realização da final sub18, que meteu à prova os bodyboarders mais novos nas piores condições do dia. Foi pena, mas a competição é mesmo assim.

Ao caminharmos para a parte final das meias de final open e, apesar do mar estar visivelmente a mudar, a maré um pouco mais cheia melhorou a formação das ondas e fez com que a final contasse com boas ondas. André Gonçalinho fez a manobra do evento (um invert muito power) e acabaria por vencer a divisão open. .

Open

1. André Gonçalinho (Zambujeira do Mar)

2. Luís Pinheiro (Costa de Caparica)

3. Jeffrey D’Água (Aljezur)

4. João SIlva (Odeceixe)

Sub-18

1. Francisco Lopes (Zambujeira do Mar)

2. Maksim Mihaylov (Zambujeira do Mar)

3. Paulo Marques (Aljezur) 

4. Konstantin Madzharov (Zambujeira do Mar)


Fotografia: Paulo Silva

Comentários