A brasileira tetracampeã do Mundo (2010, 2012, 2015 e 2016) e agora a residir em Sintra foi a grande vencedora da prova do ETB 2018 e perfila-se como a mais séria candidata a sagrar-se campeã europeia feminina, após ter vencido as duas primeiras provas.

Hoje, na praia da Costa Nova, Isabela Sousa venceu por uma unha negra a nazarena Teresa Almeida nas meias-finais, conseguindo um score de 11.80 contra 11.50 pontos da portuguesa, para, depois, na grande final, bater a espanhola Teresa Padilla, que na meia-final eliminou a campeã do Mundo em título, Joana Schenker (12.50 contra 7.85 pontos).

A final foi muito bem disputada, à semelhança das rondas anteriores, e foi a espanhola quem primeiro se colocou na dianteira. Porém, uma onda canhão de Isabela Sousa, que recolheu junto dos juízes a pontuação de 9.00 (a melhor do campeonato), inverteu a classificação para não mais se alterar.

As condições do mar estavam difíceis, daí Isabela ter surfado apenas seis ondas e Padilla apenas cinco, mas, mesmo assim, ambas as bodyboarders elogiaram a quantidade e qualidade das ondas ilhavenses.

No final, foi evidente a superioridade da líder do ranking ETB 2018, que em toda a prova logrou as duas melhores ondas: 9.00 pontos (hoje) e 8.50 (ontem), num total de 109 ondas surfadas por todas as atletas.

“Gostei bastante de competir aqui. Tinha cá estado apenas uma vez, em 2008, e fiquei apenas em nono lugar. Fiquei impressionada com as ondas, porque agora estou a morar em Sintra e por lá o mar tem estado flat. E quando vi este mar foi muito bom. A competição foi de alto nível, acho mesmo de nível Mundial, e é um privilégio estar a competir em Portugal e a representar o Estoril Praia. Estou muito satisfeita”, acabou por dizer Isabela. 

A tetracampeã Miss Activo Cup (2014, 2015, 2016 e 2017), Joana Schenker quedou-se pelo terceiro lugar, «ex aequo» com Teresa Almeida, mas ainda assim conseguiu o score mais elevado do Campeonato, com 15.25 pontos, alcançado na segunda ronda ontem disputada. De resto, o domínio de Isabela Sousa foi notório nos números, com os três melhores scores a seguir à luso-germânica, para além de quatro das melhores 10 ondas surfadas.

Amanhã é dia do Campeonato Nacional de Bodyboard Feminino, com a competição agendada para as 9h00 (check in para as atletas às 8h30) e a perspectiva de mais um dia de competição de alto nível.

Comentários