Uma verdadeira festa na 4.ª edição do Caparica Primavera Surf Fest! Sala esgotada, 3 concertos cheios de ritmo non-stop e muita dança na plateia.

E a chave d’ouro dos concertos desta edição foi entregue a Sara Tavares, com um dos mais aguardados concertos do festival.

O grande disco de 2017, “Fitxadu”, foi apresentado assim como os mais emblemáticos temas da artista proporcionando momentos apaixonados na plateia. Uma primeira parte de Sara Tavares na Caparica antevendo o seu retorno a esta cidade em agosto próximo, cortesia do festival O Sol da Caparica!

Loony Johnson, Ricky Boy e Djodje também se destacaram ao longo da noite. 

Na água, o CPSF 2018 terminou com o ecletismo que se tornou a sua marca registada. Depois de oito dias em que passaram pelas praias do Dragão e Paraíso, etapas nacionais, europeias e mundiais de surf, bodyboard, Longboard, exibições de kitesurf, o último dia trouxe o SUP Wave, o SUP Race técnico, exibições de kayak surf, o bodysurf e o Skimboard.

Numa magnífica exibição de bodysurf, com o campeão nacional de 2015, António Stot, assinou a melhor onda do evento, um tubo, na final e, assim, garantiu a vitória na “Ahua Expression Session”.

“Estou muito contente com esta vitória. Foi difícil, porque não estava com ritmo, mas consegui, apesar desta excelente concorrência. Obrigado a todos, estou mesmo muito feliz”, declarou Stott.

O CPSF está de regresso em 2019 com muitas novidades. Até lá! 

Comentários