Há tempos já falámos do uso da cortiça na produção de pranchas de bodyboard e da sustentabilidade que poderá passar pelo futuro do desporto (ler mais aqui). Na altura falámos de bodyboards feitos em parceria com a Refresh Boards e a Dodo Cork Boards, duas empresas nacionais, cujo grande objetivo no projeto passou pelo recurso às fontes naturais e sustentáveis.

Pois bem, é nesse sentido que também surgiu a California Surfcraft, uma empresa norte-americana que produz pranchas de bodyboard (bem como mini paipos e handplanes) integralmente feitas de blocos de cortiça ensaduichados com camadas alternadas de fibra de vidro, estrutura que gera a rigidez e flexibilidade necessários para um bloco de alto desempenho.

Segundo a marca, “A Bodypo combina a resposta de um bodyboard com a velocidade de um paipo, numa produção cuidada e de elevada performance. A patente do design ensaduichado produz uma combinação única de flexibilidade e rigidez – à medida que os rails deslizam na água com a máxima velocidade.”

Feita atualmente nos E.U.A., recorrendo a cortiça 100% natural, a Bodypo tem uma forte consciência ambiental e representa também uma nova abordagem à manufaturação sustentável do bodyboard, fornecendo assim uma alternativa às pranchas de bodyboard convencionais que são feitas de materiais altamente poluentes.

O produto também está disponível num bloco em bruto, numa segunda alternativa, permitindo assim ao utilizador/comprador que customize a sua própria prancha, ao seu gosto e medida. Os preços variam entre 199 (prancha) e 165 (blank) dólares mais custos de transporte.

Comentários