Seis competições internacionais masculinas e femininas que assinalam o regresso dos mundiais de Surf à Caparica depois de 6 anos de interregno. O Caparica Primavera Surf Fest apresentou etapas dos campeonatos nacionais de Longboard, Bodyboard, Surf Esperanças, eventos de Bodysurf, Bodyboard Tow-out, Kitesurf, windsurf, Sup, Skate e ainda o evento nacional de Desporto Escolar.

Um total de 1000 atletas, 309 dos quais estrangeiros, de 24 nacionalidades e que passaram pela Costa de Caparica em 12 modalidades desportivas diferentes captando atenções mundiais e garantindo a presença e cobertura de jornalistas internacionais, provenientes dos EUA, Reino Unido, França, Itália, Rússia, Espanha e Alemanha.

Os campeões de 2017 após 10 dias de aguerrida competição:

Caparica Pro WSL

WQS Masculino – Gony Zubizarreta 

WQS Feminino – Justine Dupont

Caparica Junior Pro-WSL 

JQS Masculino – Theo Jullite 

JQS Feminino –Teresa Bonvalot

Caparica Longboard Pro – WSL 

LQS Masculino – Rodrigo Sphaier

LQS Feminino – Alice Lenoigne

Bodyboard – Campeonato Nacional 

(Open) – Daniel Fonseca 

Feminino – Joana Schenker

Dropknee – Luís Pereira

Longboard – Campeonato Nacional 

Diogo Gonçalves

António Dantas (Sub-18)

Nacional de Surf Esperanças 

Francisco Almeida (Sub-18)

Francisco Veselko (Sub18 Masculino)

Mafalda Lopes (Sub-16 feminino)

Joaquim Chavez (Sub 14 Masculino)

Sup Battle – Equipa Tartaruga (Elisiário Carvalho, André Carvalho, Paulo Meira, Filipe Meira e Leonardo Nica)

Lufi Expression Session – João Dantas

Matta Game On – Brando Giovannoni, Hugo Le Foll, Rodrigo Like, Hugo Le Foll F. Queimado Valério.

Skate DC Samadi Caparica AM – Daniel Santos, Laís Reis e Tomé Jonet 

Seis noites de concertos: Noites esgotadas!

O Caparica Primavera Surf Fest teve um arranque a todo o gás com o primeiro dia 6 de Abril festival esgotado. Uma noite Pop bastante forte com Diogo Piçarra, April Ivy, Slow J e Dj Pedro Walter. Slow J abriu a noite justificando o porquê de ser considerado um diamante em bruto da nova música portuguesa! Diogo Piçarra foi um colosso! Um grande concerto que incendiou as hostes que o aguardavam ansiosamente!

O segundo dia presenteou um cartaz mais alternativo e dedicado mais público mais adulto com Keep Razors Sharp, Paus e Frankie Chavez, com uma plateia no limite de esgotar.

O sábado, dia 8 de Abril revelou-se um dos dias mais fortes, com um alinhamento mais rock e contracorrente, Trevo, Allen Halloween e a banda clássica do Punk-Rock nacional Tara Perdida. Novamente noite esgotada.

Contra factos não há argumentos! Virgul deu um super espetáculo na segunda quinta-feira do festival. Esteve novamente com uma noite esgotada com um cartaz dedicado ao Reggae, World music e Afro-Beat, Virgul, Freddy Locks, Jay Moreira e Djeff Afrozila.

O dia 14 foi uma noite dedicada 100% ao Hip Hop com os nomes de peso Valas, Holly Hood, Regula e o Dj Cruzfader e naturalmente esgotaram facilmente esta noite de espectáculo.

O encerramento do festival aconteceu a 15 de Abril com um cartaz internacional, o novo fenómeno da pop cabo-verdiana Djodje e os embaixadores do funana pelo mundo Ferro Gaita garantiram uma festa de arromba, a fechar ainda a noite com Dj Nélson Cunha e claro os clássicos Palop que abriram a noite e acendeu a pista da dança com Celeste Mariposa

O Caparica Primavera Surf Fest encerrou assim a edição de 2017!

Comentários