Na sequência de um ataque ocorrido no passado sábado a uma mulher de 36 anos, que foi mordida violentamente na sua perna direita por um tubarão, as entidades oficiais de San Clemente proibiram o surf e os banhos em todas as praias da região.

Quando tudo sucedeu, Leeane Ericson encontrava-se a nadar (diz-se a treinar para uma prova de triatlo) enquanto o seu namorado surfava num spot da praia de San Onofre, em San Diego. A sua condição permanece bastante crítica no hospital.  

Desde então, o avistamento de tubarões tem vindo a aumentar registando-se mesmo uma espécie de invasão nas águas do sul da Califórnia (Orange County), obrigando ao encerramento de várias zonas. 

De acordo com um jornal local, nove tubarões medindo entre 2,5 e 3 metros foram observados em Poche Beach, em Dana Point (alguns quilómetros a norte de San Onofre). Outro avistamento refere que um tubarão de 4 metros cruzou as águas do pontão de San Clemente e o parque de San Onofre. Um tubarão também mostrou curiosidade com dois surfistas em Upper Trestles e, por último, um outro revelou comportamento agressivo em Lower Trestles. 

“Não é nada que já não tenhamos visto antes. Têm havido testemunhos de comportamentos agressivos, um grande número de tubarões na água e também o ataque,” disse Bill Humphreys, chefe dos nadadores-salvadores de san Clemente. 

Embora os nadadores-salvadores tenham estado muito ativos nestes últimos dias, alertando e a tentar manter as pessoas fora de água, a força humana parece ter sido insuficiente e alguns surfistas acabaram mesmo por entrar na água. 

A reabertura das praias teve lugar há dois dias, após as patrulhas não terem registado qualquer avistamento de tubarões. 

Alguns conselhos deixados à população para reduzir o risco de ataques: 

– Não nadar para muito longe da costa;

– Manter-se no grupo de pessoas, pois os tubarões preferem atacar alguém isolado; 

– Evitar estar na água ao entardecer ou amanhecer que é quando os tubarões estão mais ativos;

– Deixar joias e acessórios brilhantes em casa, pois estas refletem a luz e chamam a atenção; 

– Evitar usar fatos de banho com cores vivas, pois os tubarões veem o contraste particularmente bem. 

O vídeo em anexo mostra bem a atividade e a proximidade dos tubarões. 

Comentários