Foi no sábado, 10 de setembro, que decorreu a derradeira etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf de 2016. O Peniche Pro, decorreu na praia de Supertubos com ondas entre o meio metro e o metro e muita alegria na praia.

Da praia da Vagueira veio um autocarro com apoiantes de Miguel Rocha – o já apurado Campeão Nacional de 2016. A claque, os Vagueirudos, que esteve presente em todas as etapas veio a Peniche mostrar uma vez mais o seu apoio ao atleta local da Vagueira que retribuiu, com mais uma vitória na etapa.

O dia focava-se também na luta intensa pelo 2.º lugar do ranking e que tinha como protagonistas, António Stott, campeão nacional de 2015, Nuno Mesquita e Pedro Collaço, o melhor português no Campeonato Europeu de 2015 em França. Sem surpresas estes três atletas fizeram o seu percurso até à final, deixando a decisão para a ultima bateria do dia.

A final começou já com a meia maré e com algum vento a afetar as ondas. Mas nem por isso os atletas na água deixaram de encontrar as melhores ondas. Os vinte minutos que durou a final foram intensos e a troca de ondas acabou por ditar a vitória do Miguel Rocha, sendo que a onda que lhe deu a vitória foi um tubo completo seguido de duas manobras. Nuno Mesquita obteve o segundo lugar, António Stott o terceiro e Pedro Collaço o quarto. ́

Com este resultado António Stott sagrou-se vice-campeão nacional, invertendo assim o resultado de 2015 em que António foi campeão e Miguel vice-campeão. No dia de sábado houve ainda tempo para uma cerimónia de encerramento do campeonato que decorreu ao fim do dia no Centro de Alto Rendimento de Peniche.

Em 2017 o Campeonato Nacional de Bodysurf estará de volta com 5 etapas e dois locais confirmados, Peniche e a Praia da Vagueira.

Comentários