Foi no passado dia 29 de setembro que o consórcio Billabong – de que faz parte a empresa portuguesa Despomar, representante da marca em Portugal há mais de 25 anos – apresentou publicamente, no auditório da Casa de Histórias Paula Rego, o projeto de reabilitação e requalificação do antigo edifício “Narciso” na praia de Carcavelos, que pretende tornar no mais poderoso “all in one” do surf em Portugal.

Com o objetivo de dar resposta a todas as necessidades do surf e dos surfistas no mesmo espaço, a Billabong apresentou um projeto muito completo, representando um investimento de 2,5 milhões de euros, que inclui as várias funções de apoio ao surf nas vertentes de lazer, treino e competição, oferecendo no mesmo edifício uma grande área comercial, a Billabong Megastore – que será a maior e a mais completa surf shop de Portugal -; uma zona de alojamento com a possibilidade de funcionar como centro de estágios; salas de apoio à medicina no surf; uma zona de “chill out”, destinada a servir todos os praticantes de surf; uma zona de café e restauração e um mini half no exterior.

No centro do edifício, funcionando como centro de convergência de todos os espaços, ficará o Museu, uma zona dedicada à história do surf no concelho de Cascais, que terá um papel determinante no novo layout, numa estratégia simples e clara: a história do surf é o motivo primeiro deste projeto. É o surf que se pretende celebrar.

Considerando o fulcral envolvimento do antigo edifício na própria história e desenvolvimento do surf na linha, a proposta desenvolvida pelo conceituado atelier Promontório prima pela preservação das caraterísticas da arquitetura original e do espírito da época em perfeita harmonia com a envolvente. Não se acrescentam novos volumes ao edificado nem se altera a sua linguagem arquitetónica.
nx2
Para a Billabong, outra das mais-valias da proposta apresentada é o potencial de criação de sinergias entre o Cascais Surf Center e as parcerias e eventos que a empresa já desenvolve localmente.

“O nosso objetivo é completar o Cascais Surf Center maximizando as parcerias que desenvolvemos com o Centro Cultural e Recreativo da Quinta dos Lombos e com a Portugal Surf Academia. Por outro lado, também a dinâmica criada através dos eventos que patrocinamos em Carcavelos, como o Cascais Billabong Pro, o Capítulo Perfeito, o Cascais Surf à Noite e as etapas do CRCQL, irá beneficiar o Surf Center”, afirma Rodrigo Pimentão, diretor de marketing da Billabong em Portugal.

A decisão da proposta vencedora será tomada por uma comissão independente que inclui surfistas locais e será conhecida a 31 de outubro.

Comentários