O português António Cardoso terminou ontem em 2.º lugar no Antofagasta Bodyboard Festival, atrás do sul-africano Tristan Roberts que venceu a final em La Cupula com 15.25 sobre 10.00 pontos. 

Antes, Tó Cardoso tinha passado pelo chileno Kevin Torres (meias-finais) e pelo canário Kevin Orihuela (quartos), depois de ter vencido a bateria do Round 6 onde deixou, inclusive, o campeão mundial em título, o sul-africano Iain Campbell, em 2.º lugar e o francês Max Castillo em 3.º. 

Neste último dia de prova, que contou com ondas pequenas mas “clean”, destaque ainda para Joana Schenker que assinalou um terceiro lugar na geral. A campeã mundial em título foi afastada pela japonesa Ayaka Suzuki nas meias-finais. Ayaka acabaria por vencer, mais tarde, a final frente à canária Alexandra Rinder. 

Por último, a divisão Pro Junior foi vencida Brandon Leon, com Moises Silva, Miguel Contreras e Gustavo Neira a preencherem os restantes lugares da final. 

Segue-se o Arica Bodyboard Culture na APB Tour 2018, primeiro Grand Slam do ano (WGS), que tem lugar na Isla Ex-Alacran, Chile, entre os dias 4 e 13 de junho. 

Comentários