O Caparica Primavera Surf Fest marca o arranque do Circuito Nacional de Bodyboard, com a etapa inaugural (dias 8 e 9 de abril) a trazer à Costa de Caparica os melhores bodyboarders portugueses.

E à cabeça deste lote, o homem que domina o panorama da modalidade em Portugal na última década e meia: o 10 vezes campeão nacional Manuel Centeno. Um favoritismo reforçado face à anunciada ausência por lesão do campeão da etapa e vice-campeã nacional, o local Hugo Pinheiro.

Manuel Centeno tem um plano bem delineado para 2017: 

“Queria conseguir fazer algo que quase consegui o ano passado: fazer todas as finais. Em 2016, falhei a última porque me sagrei campeão na meia-final, quando o Hugo Pinheiro foi eliminado e fui traído pela descompressão desse momento. Este ano, para a Caparica, e para todos os outros eventos, quero a final. Pois é com vitórias, mas também com segundos lugares que se constroem os títulos…”

Quem também tem créditos a defender na Costa de Caparica é a tricampeã nacional Joana Schenker. Joana venceu a etapa da Caparica em 2016, um ano quase perfeito em que também conquistou o título nacional, sagrou-se campeã do circuito europeu de bodyboard e alcançou o 4.º lugar da APB Tour, o circuito mundial da disciplina.

“Tenho excelentes recordações da Caparica”, começa por dizer Joana Schenker, ostentando o sorriso, que é uma das suas marcas registadas. “A verdade é que venci as duas edições do Nacional no Caparica Primavera Surf Fest e sempre com boas ondas, por isso, o que mais podia pedir? Só o título nacional, que é um dos meus objetivos obrigatórios deste ano.”

A MÚSICA SOBE AO PALCO

No dia 6, quinta-feira, hoje, o palco do Caparica Primavera Surf Fest contará com muito aguardadas atuações de Slow J, April Ivy e Diogo Piçarra, com o final de noite a ficar a cargo do DJ Pedro Walter: muita dança, soul, pop e hip hop numa noite em que valem as canções por alguns dos nomes que mais milhões de plays vão colecionando nas redes.

As sonoridades do dia seguinte serão mais elétricas e alternativas, com nomes como os Keep Razors Sharp, Paus e Frankie Chavez a ligarem-nos a todos à sua corrente. As escolhas de Bruno Dias, DJ residente no mítico Jamaica, ponto chave da noite de Lisboa, garantem a festa madrugada dentro. 

Finalmente, no sábado, haverá conta, muito peso e medida, com as propostas de Tara Perdida, do fenómeno Allen Halloween e da nova promessa do punk-rock nacional Trevo, mais as malhas sempre certeiras do DJ Nuno Calado da Antena 3 a transportarem-nos a todos para um mundo cheio de rock!

E isto é só a primeira semana! O palco voltará a bombar nos dias 13, 14 e 15 de abril com muito hip hop, soul e balanço de África e nomes como Virgul, Regula ou Ferro Gaita a garantirem momentos imperdíveis nas noites do Caparica Primavera Surf Fest.


Programação completa aqui

Comentários