A passada quinta-feira, 11 de dezembro de 2014, não foi pêra doce e ficará na memória de muitos como um dos maiores dias de sempre pela costa portuguesa. Aliás, por toda a Europa houve registos de ondas gigantes e sessões incríveis, mas… uma vez mais, foi na Praia do Norte, na Nazaré, que foram batidos mais uns quantos níveis do limiar da realidade.

A imagem que aqui partilhamos, da autoria de Miguel Caparica, é um bom exemplo da potência do Canhão da Nazaré, mas também tem tanto de belo como de assustador. Quão grande estará esse triângulo?


Fotografia: Miguel Caparica/ShOOt Me | Facebook

Comentários