Texto retirado do artigo “Frames com História” da edição nr. 100 (junho 2010)

A Crazy Left é um pico surpreendente! Não são raras as vezes que chego à baía dos Coxos, olho para ela e penso: 

“Bah… não tem parede, é o drop e mais nada”. 

Na verdade esta onda tem muito que se lhe diga. Muito por força do meu amigo Tomás Valente, que habitualmente está por lá em amena cavaqueira com o pessoal do bodyboard, comecei a visitá-la mais vezes. A onda dobra um pouco e de lado não se percebe bem o seu potencial, mas quando damos um passo atrás e subimos o monte… aí ela mostra-se em todo o seu esplendor! 

Não Identificado, Crazy Left, 1600 | f5.6 iso 200 | 600mm


Texto & fotografia: André Carvalho

Comentários