Não estava fácil nem convidativo – como dá para perceber. Muito menos foi pera doce, mas… Manuel Centeno encarou a situação como um desafio. Um desafio que o multicampeão nacional não só superou, mas que também aproveitou para traduzir em experiência. E essa, meus amigos, é sempre bem-vinda.

De meia em meia hora entrava um set que dava ares a Puerto Escondido, com 9 a 12 pés de altura, mas o offshore parecia perfeito e era convidativo. Francamente enganador. O céu não tinha uma única nuvem, estava absolutamente azul e os close outs de 3 metros, de uma ponta à outra, fazia os presentes respirar bem fundo e trazia-os de volta à realidade. 

Já agora, descobre mais sobre esta sessão aqui


Imagem de João Correia

Comentários