Texto retirado do artigo “Frames com História” da edição nr. 100 (junho 2010)

As condições para fotografar neste dia eram as ideais: havia bastante luz, o céu estava limpo e azul. Não havia qualquer neblina no horizonte e tão pouco soprava vento. Depois de passar algum tempo de um lado para o outro, com o Pitaça e o Froes a tentarem descobrir qual o melhor pico para tirarmos fotografias, decidimos que era na Sanguessuga que íamos trabalhar. 

Gosto imenso do pico, apesar de só funcionar em condições muito especiais e da maré ideal ser muito curta… mas dá para posicionar-me em diversos pontos e ter diferentes visões da onda. A minha favorita é esta. Um pouco baixo e de maneira que veja a onda toda de frente para mim.

Pitaça, Sanguessuga, 1000 / f9.0 iso 400 / 300mm


Texto & fotografia: João Melo

Comentários