29/07/2016 – A atração dos bodyboarders portugueses pela Cave tem crescido nos últimos anos como uma espécie de sintoma coletivo de “quanto mais pesado e aterrador, melhor.” Pedro Levi a rasgar uma bolha centrifugadora da Ericeira e a marcar o ritmo na exploração de ondas de consequência.

Imagem publicada no The Freedom Issue by Vert, disponível aqui

ENG // Portuguese bodyboarders attraction for Cave has been soaring throughout the years. It almost feels like the community contrived a collective symptom of “the heaviest, the better”. Here is Pedro Levi bursting through a foamy bubble on Portugal’s heaviest and scariest breakpoint.

Image published on the Freedom Issue by Vert, available here


Texto: Ricardo Vieira | Fotografia: Hélio António

Comentários