02/08/2016 – A foto conta-nos uma história engraçada. Estávamos no Facebook quando esbarrámos com ela! A primeira reacção foi de surpresa. Considerámos o momento tão espectacular – e de certa forma misterioso – que decidimos contactar o autor (com quem, aliás, já tínhamos colaborado).

Na verdade não é comum publicarmos imagens que já estejam acessíveis noutros meios, simplesmente porque não faz sentido, mas esta parecia-nos… ummm… especial! 

Aparentemente, tudo indica que a aventura e o desbravamento continuam a estar na ordem do dia. E não é só na Austrália, em Sumatra, nas Mentawai, no Frontón ou em qualquer outro ponto do globo. Mas também numa certa ilha atlântica! 

Nem que para isso o fotógrafo tenha que controlar a embarcação com uma mão (dando toques subtis de marcha avante e à ré) e a máquina fotográfica com a outra. Que aventura! Que loucura! Que momento! Tudo em prol da evolução.

Obrigado amigos pela vossa paixão e dedicação. Carlos Moura na baixa da Vila Nova, Ilha Terceira, Açores. 

Nota: Imagem e texto publicados no “Teaser-photo” da Vert Magazine 102 (Outubro 2010). 


Fotografia: Paulo Melo

Comentários