A direção do último e longo swell que chegou e perpetuou pela costa da capital do Rio de Janeiro, favoreceu a prática do bodyboard no reef de Copacabana, conhecido como Shorebreak e apelidado pelos locais de Psychobreak!

O apelido surge por ser a bancada mais rasa do Brasil, bancada essa que é coberta por mariscos, os quais são capazes de gerar sérios estragos e danos aos riders, caso estes encostem no reef.

No último dia 4 de abril de 2017, ainda nos primeiros raios de sol, quando muitos achavam que as ondas já haviam se despedido da cidade maravilhosa, alguns bodyboarders locais, amigos e convidados, como Fábio Cunha, André Paiva, Thiago Calviño, Renato Brandão, Pedro Rangel, Vinícius Pessoa e Alex Aquino, entre outros, não só acreditaram, como remaram para o pico, um dos mais tensos do cenário carioca, atrás de adrenalina e acharam. 

O resultado dessa session podes conferir no slide show em cima. 


Texto: André Paiva | Fotografia: Bruno Barata

Comentários